sábado, 25 de agosto de 2012

Essa dor um dia ira passar?

Gente,
Esses dias um filho de um amigo dos meus pais se matou, se jogou do prédio, mas ele estava usando drogas e tals, não sei ao certo...ai minha mãe ligou pro meu pra avisar e ele falou assim " ai nossas filhas não vão fazer esse tipo de coisa ne?!" e a minha mãe falou " eu não sei, a Elena é muito quieta, não conversa, não sei o que se passa na cabeça dela". Gente, eu sou quieta mesmo mas não porque eu sou problemática e porque eu sou seria mesmo, eu não converso com o meu pai porque de uns tempos para cada eu meio que passei a odiá-lo, serio, eu sei que é horrível, mas é o que eu sinto...
Ai gente eu liguei pra ele pra pedir um negocio e ele disse "depois a gente conversa", ele veio aqui, eu juro, ele não brigou nem nada, ele falou com tom de preocupado, que queria que eu fizesse academia ou alguma atividade em que eu me mexesse, natação qualquer coisa...mesmo sem ter falado nada que me insultasse...me magoou demais porque gente, eu não do motivo nenhum pra ele se preocuparem, o máximo de trabalho que eu dou é notas, eu não sei o que eles querem, eles ficam procurando problemas em mim porque eu não gosto de conversar com outras pessoas? eu chorei muito e ate me cortei...minha perna está toda machucada, hoje eu acordei bem melhor e decidi que eu vou emagrecer...porque eu sei que o problema é esse, se eu fosse magra e fosse sei la um tipo de pessoa que nunca falasse, eles não ligariam, porque eu seria magra, a minha irmã também é assim, dá uma raiva porque ela não sabe o que pode causar falando "Nossa a Adele é linda pra uma gordinha" ela não sabe o que essa simples frase pode causar na vida de uma pessoa....a minha mãe então...insinua tudo de mim como se eu desse algum trabalho pra ela...eu ate gosto da minha família...mais quero viver longe deles, eu quero morar em Nova York ou em outro país, mais tudo isso serviu pra algo, comi bem pouco hoje e vou continuar assim ate ficar magra e eles me deixarem em paz.
      Eu disse que não iria escrever , mas não aguentei, eu precisava falar.
beijooooooos meus amores

5 comentários:

  1. Também sempre achei e ainda acho que o meu problema é ser gorda... Tá que isso pode ser tudo idiotice, mas se eu não fosse assim, não seria tão insegura, não afastaria tanto as pessoas... =/
    Sabe, uma vez um garoto comentou com uma "amiga" que eu seria linda se fosse magra" sei como é...
    Bom força e faça de seu sofrimento sua força :)
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Olha flor te sigo a pouco tempo, e na verdade esse é o segundo post seu que leio, tambem sempre achei que todos os meus problemas, tudo que está acontecendo á minha volta é problema como meu corpo, sabe, sei no fundo que pode até não ser, mas sempre tem uma voz que fala mais alto em nossa mente.
    Vais com fé e muita força, e estou sempre aqui pra te ajudar. Deixo o lonk do meu blog (http://afthertheand.blogspot.com.br/) e se precisar, posso te passar o meu e-mail. no que puder te ajudar eu vou tentar .
    Beijos e Força

    ResponderExcluir
  3. Eu ás vezes também fico com raiva da minha família , mas umas horas depois passa . Sei que é a minha família que me quer bem , só que infelizmente eles não me conseguem por feliz a 100% . A minha mãe faz-me todas as minhas vontades , mas é díficil para ela ter uma filha que se auto-mutila e que fala em suicidio quando está nervosa .
    Tenta manter a calma e não andes sempre a pensar em coisas más . Negatividade leva á compulsão e ninguém quer ter compulsões (:
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  4. Tem épocas que eu também fico morrendo de raiva da minha família, ainda mais quando ele se metem no meu peso, eu sei bem o que é, mais é uma fase e passa. Pegue isso que você está sentindo e aproveita para direcionar pras dietas, pra perder peso, sei lá, aceita a oportunidade que seu pai te deu, fala que você quer fazer academia, que assim você gasta ainda mais calorias, e chega mais rápido no seu objetivo =D
    Bjuuus flor, e fica bem

    ResponderExcluir
  5. Oi, seguindo! Somos novas aqui, se puder seguir também ficaremos muito gratas.

    ResponderExcluir